Arquivo para categoria Eclipse

Ubuntu 12.04 LTS ou a Última Versão?

Eu juro que tentei, tentei mais de uma vez, verdade, mas, parece que as últimas versões do Ubuntu não gostam de mim, todas as vezes que instalo acontece algum problema, quando não é placa de vídeo é um BUG estranho no Compiz então decidi definitivamente usar a versão com termo de suporte de cinco anos, a LTS, esta versão é muito estável, tudo funciona e até agora, um ano de diferença, não tem muita diferença da versão 13.04. Eu manterei este critério pelo menos na minha máquina de produção, posso, até pensar em instalar a última em alguma máquina mais simples com hardware atual, porque, não tem compensado ficar reinstalando o Linux a cada 3 meses.

Ubuntu 12.04

Verdade é que a última versão vem cheia de novidades, porém, são facilmente instaladas, bastando adicionar o PPA, e em máquinas de produção porque eu iria querer um monte de firula, isso é legal em um notebook ou coisa assim, por fim, estou satisfeito com a decisão, ultima versão em máquina de produção nunca mais!

Related articles
Anúncios

, , , , , , ,

1 comentário

JBoss Tools 3.2 está liberado – Java Free.org

A nova versão do JBoss Tools foi liberada antes do tempo.Dentro das novas funcionalidades encontra-se o JSF 2, Contexto e injeção de dependência CDI,Editor do Visual Page, Modelos para o jBPM, Spring e Richfaces 4, um genérico “Split-Editor” functionallity, entre todos.Acesse agora o link abaixo para efetuar a instalação e conferir em detalhes as novidades dessa versão.Link: http://community.jboss.org/en/tools/blog/2011/02/21/jboss-tools-32-is-finally-here

viaJBoss Tools 3.2 está liberado – Java Free.org.

, ,

Deixe um comentário

Para que piratear? Software livre pode ser usado gratuitamente

Isto porque este tipo de tecnologia segue uma corrente contrária à pirataria, pois pode ser usada gratuitamente por qualquer pessoa e, muitas vezes, baixada direto dos sites oficiais de seus criadores. Além disso, como os programas têm código aberto, permite que outros desenvolvedores façam alterações e aperfeiçoem eles – podendo, em alguns casos, substituir programas proprietários, que ainda custam caro.

Este é o caso, por exemplo, do pacote Office, da Microsoft, com os conhecidos editores de texto (Word), planilhas (Excel) e apresentações (PowerPoint). Apesar do conjunto de programas criados por Bill Gates ainda ser, de longe, o mais usado no mundo, ele conta com concorrentes respeitados, como o chamado Br-Office (www.broffice.org) – a versão brasileira do OpenOffice. O sistema, bastante similar ao da Microsoft, traz uma série de aplicativos gratuitos para escritório, com atualizações periódicas.

Leia o resto deste post »

, ,

2 Comentários

Gerando arquivos JAR com o Eclipse

Este tutorial tenta explicar ao leitor como criar um arquivo JAR contendo as classes e as informações do projeto. Arquivos JAR são muito usados e facilitam bastante a vida do usuário, pois, eles se comportam como arquivos executáveis (EXE), aqueles presentes no Microsoft Windows®, sendo assim, basta você clicar sobre um arquivo JAR e ele carregará a classe principal (Main) e iniciará o programa, isto é, desde que o Java Runtime esteja instalado e configurado.

Gerando um projeto.

Caso você tenha um projeto aberto ignore estes passos e vá direto para o segundo (Criando o Pacote JAR).

Abra o Eclipse SDK. Clique em Arquivo >> Novo Exemplo, em seguida você verá uma janela semelhante a esta:

Selecione “Simple text Editor“, note que tenho SWT e Swing instalado, caso você não possua, entre no site da Fundação Eclipse e baixe e instale, pressione “Avançar“, você verá então a janela seguinte.

Escolha um diretório de Origem e um Pacote como na imagem acima e em seguida pressione “Concluir“.

Após criado o projeto, você verá uma janela semelhante a seguinte.

Criando o Pacote JAR.

Com o projeto aberto vá ao menu Arquivo >> Exportar e clique, na janela que se abre, escolha “Arquivo JAR” como mostrado a seguir.

Clique em Avançar, você verá a janela “Exportação de JAR”:

Marque o projeto desejado, meu caso será SWT_teste. Em destino coloque o diretório e o nome do arquivo, no meu caso coloquei “~/workspace/SWT_teste/teste1.jar”, em seguida pressione Avançar.
Na janela seguinte não há muito que fazer, nesta janela devem ser definidas as opções para a exportação do pacote do tipo JAR, deixe como está.

Pressione Avançar novamente e você verá nossa penúltima janela.

Uma coisa primordial é não se esquecer de definir a classe principal, para isto vá até “Classe principal” pressione o botão Procurar, selecione a classe que deve ser iniciada e pressione OK, em seguida pressione Concluir.

Após estes poucos passos o Eclipse irá criar um pacote dentro do diretório que você escolheu.

Existe também uma extensão para o Eclipse chamada FatJar que faz este processo, no entanto com muitas outras configurações como por exemplo: exportar todas as bibliotecas presentes no projeto dentro do arquivo JAR, deste modo, a pessoa que tiver acesso a este aquivo conseguirá acessá-lo mesmo não tendo todas as bibliotecas em seu computador.

, ,

2 Comentários

  • Follow Carl Roberson's on WordPress.com
  • Fallow me
  • Linux 20 Anos
  • Ubuntu LTS Trusty Tahr

    Lançamento da versão LTS do Ubuntu20 de abril de 2014
    Ubuntu LTS Trusty Tahr Chegou!!! http://www.ubuntu.com/download/desktop
  • Grafica Livre

  • O que estou lendo agora

  • Na minha estante me aguardando


    Literatura
  • Bookmark and Share