Lá e de volta outra vez – Uma impressão sobre linguagens de programação que concorrem com o Java


php elephpant

Depois de muito tempo voltei a programar na linguagem PHP num novo projeto, fazem quase três meses e tenho tido boas impressões sobre esta linguagem, tenho ficado demasiado surpreso com a agilidade no desenvolvimento e com as melhorias que o grupo de desenvolvedores (The PHP Group) fizeram nesta nova versão, eu digo isso e rio de mim mesmo, pois, é realmente engraçado ver um Jedi falar de PHP e imagino que isso deve ser mais engraçado para os Jedi’s radicais ou mais modernos, por sorte e principalmente demasiado aprendizado não só das linguagens que concorrem, mas, também das culturas que as rodeiam, não é meu caso e por este exato motivo me sinto bastante acomodado programando nesta linguagem.

O PHP é uma linguagem fantástica, me desculpem os Padawans que outrora ouviram-me dizer que não, mas compreendam uma coisa: não estou em hipótese alguma dizendo para abandonar o Java, não é isto, mas, que sempre se lembre, um Jedi deve evoluir muito mais que imagina poder, para ser Jedi tem que ser realmente bom. O que digo da evolução é que pode ocorrer de em um certo dia um Padawan ou mesmo um Jedi ser alterado de projeto e este projeto não ter arquitetura para suportar um framework Java, a solução sempre sera usar algo leve e simples e quase sempre cai em PHP ou Phyton, é importante então se familiarizar com estes novos territórios. Imagine-se chegando em Tatooine, melhor, Dagobah, abandonado lá com seu R5 e uma X-Wing, você terá que se virar como pode para sobreviver e lembre-se de quando Luke chegou à Dagobah, lembre-se bem, lembre-se dos testes e provações que passou, todos nós passamos por isso, a negação em especial é defesa do subconsciente que está acostumado e acomodado com as coisas que conquistou e tem para si como estáveis, mas, ao passar este passo verá que subiu um degrau na caminhada. Lembre-se que quando o mestre Yoda disse: “Muitas das verdades que temos dependem de nosso ponto de vista” ele está falando exatamente que estamos acostumados a olhar para uma mesma direção e por este motivo só conhecemos o que tem ali e abominamos o que parece estranho, mas, só é estranho à nossa consciência.
Podemos nós aperceber dalguma coisa por meio dos nossos órgãos do sentido, ou seja, quando Alderaan foi destruído pela Estrela da Morte só produziu som se existisse alguém ali para ouvir, para o caso de não haver não produziria som algum.

(c) Lucasfilm Ltd. & TM. All rights reserved. Used with permission.

(c) Lucasfilm Ltd. & TM. All rights reserved. Used with permission.

Quanto ao PHP, não se assustem, quando escrito inicialmente por Lerdorf em meados de 1994 não era orientado a objetos, mas, a partir da versão 3 já estava lá OO, e veja bem, enquanto escrevo este texto ele já está na versão 5.6 e tem uma versão 7 RC1 que está quase saindo do forno. A quantidade de módulos funcionais e de fácil implementação é outro fator considerável e também não posso deixar de falar dos frameworks escritos para este. Frameworks fantásticos como o Codeigniter, Zend e Yii, e sem esquecer o Slimframework, excelente para quem gosta de escrever seus códigos usando AngularJs, usei-o para criar um RestFull de uma aplicação AngularJs e a impressão que tenho dele é que é confiável, seguro e moderno apesar de muito simples.

Enfim, tenho muitos pontos positivos e poucos negativos a respeito do PHP, se colocasse em uma balança tenderia para positivo sem problema nenhum, espero enfaticamente que aprecie estas poucas linhas e espero que isso possa servir de atalho nos degraus da vida para os jovens Padawans. Lembrem-se das palavras do mestre Yoda: “Em um lugar escuro nos encontramos, e um pouco mais de conhecimento ilumina nosso caminho” e ainda “O medo leva a raiva, a raiva leva ao ódio, o ódio leva ao sofrimento.”

Title: STAR WARS ¥ Pers: HAMILL, MARK ¥ Year: 1977 ¥ Dir: LUCAS, GEORGE ¥ Ref: STA039PE ¥ Credit: [ LUCASFILM/20TH CENTURY FOX / THE KOBAL COLLECTION ]

STAR WARS, HAMILL, MARK 1977

Att
Roberson Carlos.

Anúncios

, ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Follow Carl Roberson's on WordPress.com
  • Fallow me
  • Linux 20 Anos
  • Ubuntu LTS Trusty Tahr

    Lançamento da versão LTS do Ubuntu20 de abril de 2014
    Ubuntu LTS Trusty Tahr Chegou!!! http://www.ubuntu.com/download/desktop
  • Grafica Livre

  • O que estou lendo agora

  • Na minha estante me aguardando


    Literatura
  • Bookmark and Share
%d blogueiros gostam disto: