Servindo Streaming para televisores SmartTV


Já tem algum tempo que comprei uma SmartTV, meu principal interesse era assistir os vídeos e ouvir as músicas que tenho no computador diretamente nela sem a necessidade de salvar isso em um HD externo ou Pendrive, acontece que até semana passada eu achava que isso era impossível no ambiente Linux, para minha sorte, estava enganado.

DLNA-1

A DLNA (sigla para Digital Living Network Alliance), ou em tradução livre, Aliança para Redes Domésticas Digitais, é uma organização constituída por empresas associadas, com a finalidade de estabelecer diretrizes baseadas em padrões tecnológicos já existentes, objetivando garantir a interoperabilidade entre eletrônicos conectados em uma rede doméstica, de modo que estes possam trocar arquivos de mídia entre si utilizando a rede em questão, ou seja, o usuário seria capaz de acessar e reproduzir seus arquivos de mídia de um computador por exemplo, através de uma TV, um tablet, smartphone, entre outros, desde que esses se encontrem conectados na mesma rede. Fonte Wikepedia [1].

Eu testei inúmeros aplicativos, antes de descobrir o Serviio Media Streaming Server, fiquei super entusiasmado com o PS3MediaServer, mas, como a maioria dos outros, não funcionou, não sei dizer se o problema são meus aparelhos ou se o problema está nos aplicativos testados.

Para os testes eu usei um televisor Samsung SmartTV série U e um SmartPhone Samsung Galaxy S3, em todos os testes somente obtive resultado positivo com um aplicativo, o Serviio.

Tendo estas informações em mente, vamos instalar e configurar este.

Acesse o site: http://www.serviio.org/download e baixe a última versão do aplicativo. Feito isto, descompacte este na sua /home.

O Serviio requer algumas bibliotecas que não vem instaladas por padrão no Ubuntu, então, com a conta do super usuário (root) passe o seguinte comando em um terminal:

apt-get install ffmpeg dcraw libmp3lame0 libass4 libx264-120 librtmp0

Feito isto, já é possível usar o servidor de mídia. Acesse o diretório onde você descompactou o Serviio e em seguida o diretório bin/, aqui no meu caso ficou assim: /home/robersonfox/serviio-1.3.1/bin, dentro deste diretório você encontrará dois arquivos, um chamado servio.sh e outro serviio-console.sh, o primeiro inicia o servidor de mídia e o segundo uma interface gráfica para o gerenciamento, inicie o servidor e em seguida o console. Você verá uma janela como esta:

Captura de tela de 2013-11-19 14:04:34

A configuração é muito simples. Clique na guia biblioteca e em seguida clique no botão “Adicionar local…”, uma janela de seleção será aberta, nela, você deve escolher o diretório que você deseja que o Serviio monitore, você pode colocar inúmeros caminhos nesta área.

Serviio

Outra configuração importante é a que se refere a acessar o Serviio pelo navegador. Na guia remoto, informe uma senha por segurança, então você acessa os arquivo pelo endereço: http://localhost:23424/mediabrowser/.

Captura de tela de 2013-11-19 14:19:31

Feito todas as configurações, vamos fazer o servidor iniciar automaticamente todas as vezes que você ligar seu computador.

No menu suspenso onde você encontra as opções para desligar e reiniciar o Ubuntu, escolha Aplicativos de sessão, nesta janela que surge clique em Adicionar e informe o caminho do servidor, em seguida clique em Salvar.

Captura de tela de 2013-11-19 14:23:45

Pronto! Seu servidor de mídia está configurado.

Escrito por Robersonfox at gmail.com

[1] http://pt.wikipedia.org/wiki/DLNA

Anúncios

, , , , ,

  1. #1 por Valdeci Rodrigues em 27 de abril de 2014 - 10:45 am

    valeu amigo, vc solucionou meu problema após muita dor de cabeça, consegui rodar o serviio… redondo no meu ubuntu 14.04

    • #2 por Rodrigo em 6 de outubro de 2015 - 7:50 pm

      Eu consegui rodar tudo normal e consigo acessar as pastas, mas dentro das pastas não aparece nada, acho que foi porque não consegui instalar os ffmpeg, dcraw, libmp3lame0, libass4, libx264-120 e librtmp0eu diz que não vai instalar é que não há conditato pra nenhum deles.
      😦

  2. #3 por Ricardo em 13 de janeiro de 2017 - 8:22 am

    Obitive este erro ao tentar rodar a interface grafica
    ./serviio-console.sh
    Exception in thread “main” java.lang.ExceptionInInitializerError
    at com.thoughtworks.xstream.XStream.setupConverters(XStream.java:807)
    at com.thoughtworks.xstream.XStream.(XStream.java:574)
    at com.thoughtworks.xstream.XStream.(XStream.java:496)
    at com.thoughtworks.xstream.XStream.(XStream.java:465)
    at com.thoughtworks.xstream.XStream.(XStream.java:411)
    at com.thoughtworks.xstream.XStream.(XStream.java:378)
    at org.restlet.ext.xstream.XstreamRepresentation.createXstream(XstreamRepresentation.java:165)
    at org.serviio.restlet.ServiioXstreamRepresentation.createXstream(ServiioXstreamRepresentation.java:79)
    at org.restlet.ext.xstream.XstreamRepresentation.getXstream(XstreamRepresentation.java:249)
    at org.serviio.restlet.ServiioXstreamRepresentation.getXstream(ServiioXstreamRepresentation.java:134)
    at org.restlet.ext.xstream.XstreamRepresentation.getObject(XstreamRepresentation.java:204)
    at org.restlet.ext.xstream.XstreamConverter.toObject(XstreamConverter.java:330)
    at org.restlet.service.ConverterService.toObject(ConverterService.java:238)
    at org.restlet.resource.Resource.toObject(Resource.java:828)
    at org.restlet.engine.resource.ClientInvocationHandler.invoke(ClientInvocationHandler.java:270)
    at com.sun.proxy.$Proxy6.load(Unknown Source)
    at org.serviio.console.ServiioConsole.waitForServer(ServiioConsole.java:204)
    at org.serviio.console.ServiioConsole.main(ServiioConsole.java:106)
    Caused by: java.lang.reflect.InaccessibleObjectException: Unable to make field private final java.util.Comparator java.util.TreeMap.comparator accessible: module java.base does not “opens java.util” to unnamed module @48d5f34e
    at java.base/jdk.internal.reflect.Reflection.throwInaccessibleObjectException(Reflection.java:427)
    at java.base/java.lang.reflect.AccessibleObject.checkCanSetAccessible(AccessibleObject.java:201)
    at java.base/java.lang.reflect.Field.checkCanSetAccessible(Field.java:171)
    at java.base/java.lang.reflect.Field.setAccessible(Field.java:165)
    at com.thoughtworks.xstream.core.util.Fields.locate(Fields.java:39)
    at com.thoughtworks.xstream.converters.collections.TreeMapConverter.(TreeMapConverter.java:50)
    … 18 more
    Exception in thread “Thread-0” java.lang.NullPointerException
    at org.serviio.console.ServiioConsole$ShutdownHook.run(ServiioConsole.java:328)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Follow Carl Roberson's on WordPress.com
  • Fallow me
  • Linux 20 Anos
  • Ubuntu LTS Trusty Tahr

    Lançamento da versão LTS do Ubuntu20 de abril de 2014
    Ubuntu LTS Trusty Tahr Chegou!!! http://www.ubuntu.com/download/desktop
  • Grafica Livre

  • O que estou lendo agora

  • Na minha estante me aguardando


    Literatura
  • Bookmark and Share
%d blogueiros gostam disto: