Corel Draw – Codeweavers – CrossOver Linux


  • O CrossOver Linux
  • O Wine
  • Instalando o CrossOver Linux
  • Instalando Programas Essenciais
  • Instalando Corel Draw e Conclusões

O CrossOver Linux.

Há algum tempo atrás adquiri uma licença do Codeweavers para fazer uso do CrossOver Linux, na época me lembro que ainda chamávamos o projeto de CrossOver Office, pois sua principal aplicabilidade era em rodar o Microsoft Office, uma outra coisa que mudou foi o valor da licença, mas leve para o lado bom, hoje o software roda a maior parte dos principais software para o Windows da Microsoft! Vale mesmo a pena, isto é, se você tem uma empresa ou é um profissional liberal, ou até mesmo um estudante, a licença custa hoje a importância de: US$39.95 o que equivale hoje à R$78,56, segundo o mecanismo de cálculos do Google.

Com o CrossOver da Codeweavers você pode rodar os softwares compilados para o Windows da Microsoft em um ambiente Linux/Gnu, Macintosh (Intel Mac OS X) e também rodar os mesmos softwares em um Solaris assim como diz o site da empresa, http://www.codeweavers.com/products/.

E como ele faz isto? Simples, não, não tão simples assim, para que isto acontecesse foi necessário um grande trabalho por parte da equipe desenvolvedora do Wine para que o CrossOver funcionasse perfeitamente assim como funciona.

O Wine.

A equipe do Wine por sua vez <http://www.winehq.org/>, desenvolveu seu produto tendo como uma das principais dificuldades as licenças e a falta de documentação da Microsoft, pois assim, não seria somente pegar as DDL’s do Windows e colocar elas para funcionar em um diretório no Linux/Gnu já que o Wine pertence a uma Licença aberta e o Windows proprietária, foram obrigados à escrever uma por uma as API’s sem um manual se quer, somente usando a tese de teste e erro, assim fizeram este formidável software, no site do projeto tem uma lista de programas suportados por ele <http://appdb.winehq.org/>.

No entanto o Wine carece de uma boa interface gráfica para sua configuração, tem até alguns projetos em QT e GTK e também o winecfg, a interface QT e GTK que me referi atrás não cheguei à utilizar, é neste ponto que chega a Codeweavers com seu CrossOver, com ele fica fácil instalar os principais softwares e suas “dependências” como fontes e afins, com o CrossOver você pode definitivamente abandonar o Ambiente de trabalho Windows e passar a usar sua distribuição Linux/Gnu favorita.

Instalando o CrossOver Linux.

Primeiramente baixe o arquivo de instalação trial do CrossOver Linux, para isto entre no link a seguir: http://codeweavers.com/products/download_trial_linux/, você verá uma imagem como a seguir no site do projeto:

faça um pequeno cadastro, em seguida pressione o Botão “Request CrossOver Linux Evaluation”, uma nova janela será mostrada como a que eu disponibilizo abaixo:

O que você deve fazer agora é pressionar sobre o link de Download o botão esquerdo do seu mouse e baixar o software, na imagem abaixo.

Assim que iniciar o download, coloque-o em um diretório onde você tenha permissão para escrita e leitura, você terá um arquivo com um nome como este: install-crossover-standard-demo-6.1.0.sh, então em um terminal dentro do diretório onde você o tenha baixado passe o comando:

$ sudo su
# sh install-crossover-standard-demo-6.1.0.sh

Abrir-se-a uma janela como a seguinte:

Caso você esteja instalando a partir de um usuário sem privilégios, o diretório de instalação será o seu home (~/), você pode optar por passar um chown no diretório /opt/cxoffice modificando assim as permissões de escrita e leitura para seu usuário da seguinte forma:

robersonfox@genova-laptop:~$ sudo su

[sudo] password for robersonfox:

root@genova-laptop:/home/robersonfox# chown robersonfox. /opt/cxoffice

Com o comando acima estou passando para o usuário robersonfox as permissões de leitura e escrita no diretório /opt/cxoffice e não estou removendo o grupo, no caso o root.

Uma outra coisa que se deve lembrar, é que após instalado, o software criará um diretório dentro do diretório home do usuário (~/.cxoffice), no meu caso isto é meio deficiente, pois tenho disponível em meu home somente 15GB de espaço, tenho uma partição especifica para ele, desta forma, com inúmeras instalações de software o sistema acusará falta de espaço o tempo todo então o que fiz foi criar um diretório dentro de /usr/local chamado cxoffice e modifiquei as permissões para meu usuário, entrei dentro de ~/.cxoffice e movi o diretório win98 para /usr/local/cxoffice e em seguida criei um link simbólico que ia de /usr/local/cxoffice/win98 para ~/.cxoffice, desta forma, quando adiciono algum software win32 ele não fica na partição /home.

Instalando Programas Essenciais.

Após instalar o CrossOver Linux, vá ao menu iniciar da sua interface gráfica, no caso aqui estou usando a interface Gnome e o menu fica assim: Aplicações >> CrossOver vá até Instalar Software Windows e clique, abrir-se-a a seguinte janela:

Em seguida, pressione o botão “Instalar Software não suportado” e pressione “Próximo” e “Próximo” de novo até que veja a janela abaixo (intitulada Software não suportado).

Se você chegou até aqui, ótimo, agora vamos mudar a rotina, entre no site da Microsoft e baixe os seguintes programas: mdac_typ-2.7, Internet Explore 6 e o WindowsInstaller, volte ao CrossOver (imagem acima), e instale um a um seguindo a ordem: Internet Explore 6, mdac_typ-2.7 e o WindowsInstaller, se tudo der certo você poderá instalar até mesmo o .NET da Microsoft.

Se você fez tudo certo agora é hora de instalar softwares como os da Corel ou Adobe.

Instalando Corel Draw e Conclusões.

Pegue seu CD do Corel Draw 9, em seguida vá até o menu iniciar de sua interface gráfica e em seguida CrossOver >> Instalar Software Windows e clique, na janela que se abre, marque instalar Software não suportado e clique em Próximo até que você veja a janela sub-intitulada “Software não suportado”, marque o Option Button “Outro arquivo *.exe”, clique sobre o botão “Browser”, desde que você tenha montado sua unidade de CDROM onde está o CD com o Corel Draw 9, vá até o diretório onde se encontra este e selecione o arquivo de instalação dele, clique em “Open” e depois em “Próximo”.

Daí para frente a instalação segue normalmente é só aguardar a cópia dos arquivos e Finish!

Se você tiver seguido todos os passos corretamente funcionará sem problemas, após a instalação dos programas, é bom instalar também as fontes mais comuns do Windows, fontes como Arial são muito usadas em aplicativos Windows e por isto a falta delas faz as interfaces ficarem um pouco diferente das comumente vistas.

Não é segredo para alguém que é possível adquirir o CrossOver de outras maneiras, assim como há no ambiente Windows há no Linux/Gnu também outros métodos não muito cabíveis de se obter software proprietário, mas o que quero dizer é que vale a pena pagar os poucos dólares que eles pedem pelo programa, eu que sou programador sei da falta que recursos geram e quando comecei a programar era assim, a motivação para se trabalhar em um projeto onde você tem algum retorno é muito satisfatória, e a melhor motivação é a financeira, mas acho que você já sabia disso.

Software Livre não quer dizer gratuito.

Este artigo foi testado em um Slackware 11, Ubuntu Feisty Fawn e Gutsy.

Abaixo deixo um screen shoot com alguns dos principais programas para o Windows da Microsoft rodando tranqüilamente em um Linux/Gnu com Interface Gnome.

[]’

Anúncios

, , , , , , ,

  1. #1 por Carolina em 24 de outubro de 2008 - 2:53 pm

    Acabei de instalar o CrossOver (versão triel).
    eu ainda preciso instalar o Windows???

    To tentando instalar um programa e deu o seguinte erro: “this program uses Unicode and requires Windows NT/200/XP”.

    O que devo fazer???

    Obrigado.

  2. #2 por Carolina em 24 de outubro de 2008 - 2:54 pm

    ha eu uso Mac

  3. #3 por carlrobers em 24 de outubro de 2008 - 3:24 pm

    Olá Carolina,
    Pelo que deu para entender você terá que trocar de garrafa nas configurações do CrossOver.
    Encontre aí no seu Finder este aplicativo, aqui no meu Ubuntu ele se chama Configuração, este é um link para cxsetup que pode ser encontrado também dentro do diretório onde você instalou o CrossOver. Depois de iniciado, clique na aba Gerir Garrafas e depois no sinal de mais (+) na parte inferior esquerda, irá aparecer outra janela chamada criar nova garrafa, nela escolha o modelo Windows XP ou Windows 2000 e dê o nome de WindowsXP, então, quando for instalar o aplicativo novamente escolha esta garrafa.

  4. #4 por Rafael em 29 de outubro de 2008 - 8:25 pm

    Além do Corel 9, roda versões novas como o X4? E Photoshop CS4 Vc já testou? Vc tem bom gosto pra música.

  5. #5 por carlrobers em 1 de novembro de 2008 - 4:49 pm

    Não testei o X4 ainda. Ouvi falar que o Google havia patrocinado a equipe do Wine para fazer funcionar toda a suíte da Adobe no sistema do pingüim, a versão 1.0 saiu, e há boatos que o CS3 roda no Linux, mas, o teste que fiz não rodou bem não, chegou a instalar, porém, quando tentei abri o aplicativo ele travou depois do splash screen.

  1. Carl Robers – Os números de 2010 « Carl Roberson's

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Follow Carl Roberson's on WordPress.com
  • Fallow me
  • Linux 20 Anos
  • Ubuntu LTS Trusty Tahr

    Lançamento da versão LTS do Ubuntu20 de abril de 2014
    Ubuntu LTS Trusty Tahr Chegou!!! http://www.ubuntu.com/download/desktop
  • Grafica Livre

  • O que estou lendo agora

  • Na minha estante me aguardando


    Literatura
  • Bookmark and Share
%d blogueiros gostam disto: